sexta-feira , 5 março 2021
Home / Notícias / Cidade / Saúde de Mariápolis investiga desligamento de refrigerador de vacinas no Centro de Saúde

Saúde de Mariápolis investiga desligamento de refrigerador de vacinas no Centro de Saúde

O desligamento do refrigerador de vacinas do Centro de Saúde de Mariápolis, percebido na abertura do expediente da repartição, na última segunda-feira (18), levou a Prefeitura da cidade a abrir investigação e registrar boletim de ocorrência na Polícia. O poder público desconfia que o desligamento possa ter sido proposital. A informação foi divulgada neste sábado (23) pelo jornal Folha Regional.

De acordo com a publicação, no equipamento refrigerado estavam as vacinas para imunização de rotina, da população – cerca de 1.072 doses – para doenças como poliomielite, gripe, sarampo, caxumba, rubéola, hepatite A, hepatite B, tuberculose, tétano, coqueluche, rotavírus, haemophilus influenza B, pneumonia, meningite C, meningite ACWY, febre amarela, HPV, difteria, varicela e raiva humana.

Não foi preciso estabelecer o tempo em que as vacinas ficaram sem refrigeração, mas é possível afirmar que a alteração na temperatura pode provocar mudanças na estrutura dos imunizantes e interferir na sua eficácia.

Segundo o Folha Regional, uma notificação sobre o caso foi encaminhada à Divisão de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde, para analisar e orientar o município sobre as providências.  Caso as doses sejam perdidas (descartadas), o prejuízo avaliado é de R$ 12.269,70.

Procurado pelo Folha Regional, o prefeito Ricardo Watanabe lamentou o ocorrido. “Vamos averiguar minunciosamente se essa situação foi causada por alguém que teve acesso à sala de vacinas e, se confirmarmos que sim, o responsável terá que arcar com as consequências desse ato. Agora, se a pessoa que fez isso achar que iria prejudicar a mim, prefeito, está enganada, porque ela colocou em risco a população que venha necessitar ser imunizada contra essas doenças nos próximos dias”, publicou a reportagem.

No lote, não estavam as vacinas contra a Covid-19, que foram recebidas por Mariápolis depois do meio da semana. (www.ifolharegional.com)

Centro de Saúde de Mariápolis (Reprodução).

Sobre admin

Verificar também

Padre Francesco Tolve morre aos 75 anos vítima do novo coronavírus

O padre Fracesco Tolve morreu aos 75 anos, na noite desta quarta-feira (3), vítima da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.