Ultimas Notícias

Motorista bêbado se envolve em acidente que deixas duas pessoas feridas na SP-294

Na noite do último sábado (20), por volta das 21h, a Polícia Miliar Rodoviária de Adamantina registrou um acidente de trânsito na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294), trecho de Osvaldo Cruz, envolvendo dois veículos. Um dos condutores estava alcoolizado.

De acordo com a PM Rodoviária, o acidente foi na altura do km 568, descrito como colisão frontal envolvendo uma Scania/R440 de Três Lagoas/MS, que tracionava dois semirreboques e transitava no sentido Lucélia a Parapuã, e uma Pajero/Sport, de Osvaldo Cruz, que transitava no sentido contrário.

No atendimento à ocorrência, a equipe do Policiamento Rodoviário de Adamantina constatou que o condutor da Pajero, de 60 anos, morador em Osvaldo Cruz, aparentava sinais visíveis de embriaguez alcoólica. Ele se feriu levemente, se recusou a fazer o teste do bafômetro e recebeu voz de prisão em flagrante, por embriaguez ao volante, sendo cientificado de seus direitos constitucionais.

O caso foi levado ao plantão da Polícia Civil, onde o condutor foi autuado, sendo arbitrada fiança de R$ 1.200,00, que foi paga. O homem vai responder em liberdade.

Caminhão tombou e carro ficou destruído na colisão frontal (Cedida/PM Rodoviária).

Já o condutor da Scania, morador de Três Lagoas, realizou o teste com do bafômetro, que não constatou álcool no resultado.

O segundo envolvido que se feriu no acidente é uma criança de cinco anos, passageiro da Scânia e filho do condutor.  O caminhão transportava carga de celulose e ficou imobilizado na ribanceira. O local foi sinalizado para que a retirada do veículo ocorresse durante o dia, com vistas à segurança viária. (sigamais.com)

Automóvel Pajero ficou completamente destruído (Cedida/PM Rodoviária).
Carreta Scania com dois semirreboques tombou  (Cedida/PM Rodoviária).

About admin

Verifique também

Integrantes de organização criminosa são alvos de operação da Polícia Civil

Mandados de busca e apreensão, além da realização de buscas administrativas em sete estabelecimentos prisionais …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.