Ultimas Notícias

Polícia Civil esclarece furto, prende dupla e descobre plano para assaltar casa do prefeito de Adamantina

A Polícia Civil de Adamantina, por meio da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) esclareceu nesta segunda-feira (11) um furto ocorrido semana passada, na cidade, prendeu duas pessoas sob acusação de extorsão e associação criminosa e descobriu um plano do trio para furtar a casa do prefeito de Adamantina, localizada em um condomínio fechado da cidade.

O desfecho do furto e a pretensão dos criminosos foram divulgados pela Polícia Civil na noite desta segunda-feira. De acordo com a DIG, foram indiciados e presos um ajudante geral, de 20 anos, morador no Parque Itapuã, em Adamantina, e um autônomo, também de 20 anos, morador em Lucélia, apresentados na Polícia Civil. Um terceiro envolvido, de 27 anos, morador em Lucélia, também foi indiciado, porém não foi localizado. Os policiais encontraram e recuperaram os objetos furtados.

Segundo a DIG, o furto foi entre os dias 4 e 7 de janeiro, na semana passada, em um imóvel localizado na Vila Olivero, em Adamantina, de onde foram levados objetos eletrônicos e dinheiro.

Um dos presos, morador em Adamantina, já prestou serviços esporádicos para a vítima, e desde este domingo (10) vinha se contactando com a mesma, dizendo saber quem havia furtado, e que as pessoas eram perigosas e exigiam dinheiro para restituição dos bens.

Tais contatos ocorreram também na manhã desta segunda-feira, na presença dos policiais, e por isso os investigadores se diligenciaram até a casa do rapaz, no Parque Itapuã, onde foram localizados parte dos objetos furtados. Ele revelou ainda onde estavam escondidos os demais objetos, sendo recuperados câmeras fotográficas, caixa de som, fone de ouvido, notebook e outros objetos.

O rapaz de Adamantina contou ainda que o furto havia sido praticado em companhia de outras duas pessoas, moradores em Lucélia. Um deles foi localizado e preso, sendo apreendido com ele apenas o próprio celular. O terceiro envolvido foi identificado, porém não localizado.

Ao ser questionado sobre as comunicações que fazia com a vítima, o rapaz de Adamantina disse ter agido sob orientação dos dois comparsas de Lucélia, para poder tirar dinheiro da vítima, uma vez que ficou apenas com os aparelhos subtraídos e uma pequena quantia em dinheiro vivo.

O rapaz de Adamantina acrescentou ainda que ele e os dois rapazes de Lucélia planejavam entrar na casa do prefeito de Adamantina, que mora em um condomínio fechado da cidade e relatou detalhes de como seria a empreitada criminosa.

Com o esclarecimento do crime de furto e a extorsão, os dois envolvidos localizados foram autuados, também, por organização criminosa, sendo presos, colocados à disposição da Justiça. O caso segue sob investigação, inclusive com a tentativa de localizar o terceiro envolvido.

O rapaz morador em Adamantina relatou ainda uma suposta prática de tráfico de drogas envolvendo outras pessoas, o que foi comunicado à Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE), e será objeto de apuração à parte.

About admin

Verifique também

Adolescente é apreendido suspeito de matar a tiros rapaz de 22 anos em Caiabu

Crime foi registrado neste domingo (3). Vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.