Ultimas Notícias

Vereador denuncia na Promotoria de Justiça materiais vencidos em escola municipal

Caso é na cidade de Flórida Paulista em uma Escola Municipal de Ensino Infantil

O vereador professor Rafael (PV) esteve nesta semana na redação do jornal e site Folha Regional onde apresentou o protocolo de denúncia realizada na Promotoria de Justiça de Flórida Paulista desperdício e má gestão de materiais diversos que estaria ocorrendo na Escola Municipal de Ensino Infantil “Criança Feliz”.

Segundo professor Rafael, a constatação das irregularidades ocorreu durante uma visita na Emei, local em que foi alvo de uma denúncia recebida de que haveria uma grande quantidade de materiais escolares vencidos.

“Cumprindo a função fiscalizatória de vereador, estive na escola e fiquei pasmo com a quantidade de materiais, entre eles cola, giz de cera, tintas guache, colas coloridas e de decoração e outros produtos que poderiam ter sido utilizados pelos alunos, mas que infelizmente passaram do prazo de validade”, explicou o vereador professor Rafael.

O vereador também informou que visitou a escola Octaviano, porém, a situação encontrada naquele local foi de organização e sem nenhum tipo de irregularidade. Além da promotoria de Justiça, também foi oficiada a Prefeitura Municipal com a denúncia e o requerimento de informações.

PROMOTORIA VAI ABRIR INQUÉRITO PARA APURAR OS FATOS

Após a informação trazida pelo vereador professor Rafael, o jornalismo Folha Regional entrou em contato com o promotor de Justiça, dr. Samuel Camacho Castanheira, que confirmou o recebimento da denúncia e informou que solicitou da Prefeitura informações acerca da representação do vereador, com prazo de 30 dias para a resposta.

O QUE DIZ A PREFEITURA

Nossa reportagem também entrou em contato com Prefeitura através da Secretaria de Administração.

Foi informado que a assessoria jurídica da Prefeitura Municipal já tomou ciência da denúncia do vereador e que será aberto um processo de sindicância para apurar o teor da denúncia apresentada e consequentemente a responsabilidade pelos fatos, caso se comprovem.

Por fim, o setor jurídico enfatizou que está à disposição para prestar todas as informações e documentos que sejam necessários, tanto para o vereador quanto para os demais componentes do Poder Legislativo, bem como à Promotoria de Justiça. (ifolharegional.com.br)

A denúncia recebida de grande quantidade de materiais escolares vencidos na Escola Municipal. Foto: Cedida.

About admin

Verifique também

Centro de Memórias de Mariápolis faz exposição especial às crianças

Objetivo foi mostrar às crianças diversos objetos e brinquedos antigos As crianças do Projeto Raios …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.