Ultimas Notícias

MARIÁPOLIS: falta de cuidados prejudica arborização que morre aos poucos por falta de água

Vários coqueiros morreram e outros estão indo no mesmo caminho devido a falta de água e devidos cuidados exigentes. No canteiro principal próximo ao portal de Mariápolis é notável o descaso e até o gramado está secando.

Uma arborização bonita que chamava atenção está se acabando com a falta de cuidados pela gestão municipal. Vários coqueiros foram até arrancados do local. Lamentável pois trata-se de dinheiro público que foram investidos no ano passado e o setor responsável deveria ao mínimo fazer as manutenções.

A situação continua, pois até a praça da matriz, a parte que está em obra e ainda não foi finalizada, teve coqueiro que morreu pela falta de água e foi arrancado do local. As imagens mostram que além de coqueiros necessitando de água, a arborização comprometida como as moréias, gramas e outras plantas ornamentais.

Imagens mostra coqueiro secando por falta de água

CEMITÉRIO

O descaso não fica por ai, o cemitério local que há alguns meses estava com matos que até encobriam túmulos, porém, uma maneira que encontraram para resolver o problema foi passar veneno. Com isso, os matos secaram. O pior que esse veneno afetou algumas arborizações que são plantadas por familiares de entes queridos, causando prejuízos pois parte dessas plantas e flores estão morrendo, conforme mostramos nas imagens.

A população espera que seja feito um planejamento para solucionar o mais urgente esses problemas, pois a prefeitura tem um caminhão pipa e poço artesiano para essa finalidade. (Por ifolharegional.com.br)

Matos encobriam túmulos no cemitério e solução foi passar veneno
Moréias estão morrendo por falta de água

About admin

Verifique também

Incêndio atinge madeireira em Adamantina; proprietário estima prejuízos em torno de R$ 600 mil

Segundo o empresário, foram atingidos parte do estoque de madeiras, veículos e equipamentos Um incêndio …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.