Ultimas Notícias

Dois homens são mortos após troca de tiros com a PM em Martinópolis

Um drone, celulares e revólveres foram apreendidos na casa onde houve a troca de tiros (Foto: Cedida/PM).

Dois homens, com idades de 24 e 28 anos, morreram na madrugada de ontem, terça-feira (14), em Martinópolis, após troca de tiros com uma equipe da Força Tática da Polícia Militar.

Na casa onde a dupla estava foram apreendidos dois revólveres calibre 38, um drone e 12 aparelhos celulares. Um terceiro rapaz, de 22 anos, foi preso em flagrante, sob acusação de associação criminosa. Ele era responsável pelo imóvel.

A equipe da Força Tática da PM estava pela cidade quando recebeu denúncia sobre prática de crime organizado. O informante disse que a atuação do grupo teria relação com presídios, e indicou possíveis imóveis, sendo um deles a casa no Parque das Grevilhas, em Martinópolis, onde houve o confronto.

Ao aproximar do local a equipe foi recebida a tiros. Na reação, os policiais atingiram dois homens, que chegaram a ser socorridos à Santa Casa da cidade, mas não resistiram. Os dois mortos eram de São Paulo (SP) e um deles tinha passagem por roubo. O morador de Martinópolis, que foi preso, também tem passagem por roubo.

Entre os materiais apreendidos, haviam mini celulares, modelo geralmente inserido em presídios.

Na Polícia Civil o fato foi registrado como morte decorrente de oposição à intervenção policial e associação criminosa. A corporação acredita que há outras pessoas envolvidas.

Já o homem preso não disse nada à polícia. A apuração, até então, é baseada nas informações dos policiais militares, além de dados materiais e documentos.

Pelos bens apreendidos, suspeita-se que os envolvidos iriam promover a remessa de celulares para o interior da Penitenciária de Martinópolis. (Com informações do G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.