Ultimas Notícias

Jornal Impacto conversa com paciente internado sob suspeita de coronavírus em Adamantina

Jeberson afirma que está bem. Diferente, segundo ele, “do que algumas pessoas disseram”. (Foto: Cedida)

Na tarde de ontem, terça-feira (24) circulou nas redes sociais e grupos de WhatsApp um vídeo do paciente Jeberson Rodrigo Jardim, internado desde domingo (22), na Santa Casa de Adamantina. O paciente, de 31 anos, natural de Itaberá, no Estado de São Paulo, é o primeiro caso suspeito do Covid-19, o novo coronavírus, em Adamantina.

No vídeo, Jeberson afirma que está bem. Diferente, segundo ele, “do que algumas pessoas disseram”.

“Rapaziada, estão dizendo, que estou entubado, aguardando para morrer. Tudo isto é mentira, e boatos. Estou no hospital tomando soro e aguardando o diagnóstico. Estou com uma leve tosse, e com muita fé e Deus logo estarei de volta, trabalhando. Para os que estão na torcida por mim, muito obrigado!”, diz no vídeo.

O Jornal Impacto de Adamantina, por telefone, conversou com Jeberson por volta das 20h, desta terça-feira. O paciente disse que está se sentindo bem, e descreveu como foi que começou os sintomas da gripe.

“Comecei a ter sintomas de gripe na segunda-feira (16). Estava com tosse leve. Os dias foram passando e, no sábado (21), trabalhei o dia inteiro. À noite tive um pouco de febre e falta de ar. No domingo (22) a falta de ar aumentou e, por isso, procurei ajuda médica”, explicou.

O pedreiro disse ainda que tem fé que o exame para coronavírus apontará negativo. “Creio em Deus, e acredito que meu exame será negativo”, comenta.

Jeberson disse ao Jornal Impacto que hoje (ontem), conseguiu falar com a sua mãe, por chamada de vídeo, via WhatsApp. “Ela estava muito nervosa com tantos boatos, que eu estava morrendo, entubado. Ela ficou bem mais tranquila depois que me viu”, falou.

Esta é a primeira vez que o pedreiro fica internado. Ele pede para que as pessoas se cuidem, mantenham os cuidados com a higiene e procurem ajuda médica se for necessário. “As mulheres sempre se cuidam mais, estão sempre preocupadas com a saúde. Nós, homens, sempre vamos deixando para depois. Neste momento, é muito importante se cuidar”, alerta.

Jeberson elogiou o tratamento que tem recebido na Santa Casa de Adamantina. “Todos, sem exceção, médicos e enfermeiros, têm me tratado com muito cuidado. Mesmo sabendo dos riscos que eu posso oferecer”, disse. (Por Impacto Notícias)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.