Ultimas Notícias

Casal vítima de acidente fatal na Plácido Rocha era de moradores do Jardim Brasil

Sônia Aparecida Aquino, de 59 anos e Nelson Gomes de Brito, de 61 anos, eram moradores no Jardim Brasil (Reprodução/Funerária Flor de Lótus).

Os corpos de Nelson Gomes de Brito, de 61 anos, e Sônia Aparecida Aquino, de 59 anos, que eram moradores do Jardim Brasil, em Adamantina, ainda aguardam liberação do Instituto Médico Legal (IML) de Araçatuba, para o serviço funerário. O casal morreu na tarde deste domingo (31) na Rodovia Plácido Rocha, nas proximidades da ponte sobre o Rio Aguapeí (Feio), trecho de Valparaíso.

A informação sobre os corpos ainda estarem aguardando liberação do IML foi publicada pouco depois das 9h30 desta segunda-feira (1) nas redes sociais da Funerária Flor de Lótus. Com isso, o velório e sepultamento do casal ainda segue sem previsão. O velório será realizado no Memorial Flor de Lótus.

A empresa funerária informa que por medidas de segurança e saúde pública diante do novo coronavírus (Covid-19), há restrições no número de pessoas no loca do velório, reservado apenas aos familiares mais próximos. O sepultamento será no Cemitério da Saudade.

No acidente que vitimou o casal, eles estavam em um veículo Ford Belina e, por motivos a apurar, houve uma colisão com um caminhão canavieiro (reveja). As causas e eventuais responsabilidades serão investigadas pela Polícia Civil. (sigamais.com)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.