Ultimas Notícias

ELEIÇÕES: convenção indica Zé Vená pré-candidato à prefeito com Zé Gordinho de vice

Aconteceu na manhã deste domingo, 13, na câmara municipal de Mariápolis, a quarta Convenção Partidária para as eleições municipais de 2020, que conforme o novo calendário eleitoral, estabelecido por causa da pandemia do COVID-19, tem o prazo para definição pelos partidos de candidatos aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador até o dia 16 de setembro.

Essa quarta convenção foi alvo de críticas por diversas pessoas nas redes sociais referente a soltura de fogos de artificio na qual tirou sossego de pessoas idosas, autistas e ainda, animais de estimação, perturbando com barulhos. Teve também parte de artefatos que caíram no telhado de residências.

A convenção foi do PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) e o PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), na qual definiram a pré-candidatura do ex-prefeito José Aparecido de Oliveira (Zé Vená) pelo PSDB e o ex-vereador José Antonio de Souza (Zé Gordinho), presidente do PTB. Os dois partidos formaram a coligação “Mariápolis dos Nossos Sonhos”.

A coligação terá cinco pré-candidatos ao cargo de vereador pelo PSDB: Cleber Juliano de Oliveira, Mauro Coletti, Valdecir Costa, Juliana Lourenço e Magda Barbosa Neves.

De acordo com as informações, o ex-prefeito Zé Vená poderá ter o seu registro de candidatura impugnado pela Justiça Eleitoral pelo fato de poder estar enquadrado na Lei da Ficha Limpa. Neste caso, terá um prazo para substituir o seu nome por outro da coligação.

Lembrando que as Eleições Municipais 2020 está agendada para o dia 15 de novembro, das 7 às 17 horas.

Registro

Depois de realizadas as convenções, os partidos ou coligações terão até 8h do dia 26 de setembro para entregar à documentação, pela internet, para o registro das candidaturas. Após esse horário, a entrega terá que ser presencial e agendada, exigindo deslocamento ao cartório e os devidos cuidados sanitários. O agendamento para atendimento presencial será feito pelos meios informados por cada TRE e cartórios eleitorais, e estará disponível das 8h30 às 19h. O atendimento será marcado conforme a ordem de chegada dos pedidos – o interessado não poderá escolher o horário.

Depois de receber os requerimentos, a Justiça Eleitoral valida a documentação e a encaminha à Receita Federal para emitir o CNPJ. Tendo CNPJ e o registro, os candidatos já podem abrir conta-corrente da campanha e estão aptos para iniciar a arrecadação de recursos após o dia 26 de setembro.

Na disputa deste ano, a expectativa da Justiça Eleitoral é que 500 mil registros de candidaturas serão confirmados em todo território nacional. O primeiro e segundo turno das eleições municipais de 2020 serão realizadas, respectivamente, nos dias 15 e 29 de novembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.