Ultimas Notícias

Através da prefeitura, mariapolenses e entidade são inseridos na Lei Aldir Blanc

Mariapolenses e entidades foram beneficiados com a Lei Aldir Blanc

Através da Lei Aldir Blanc, alguns mariapolenses e entidade que foram inseridos nos editais de Chamamento Público, receberam quantia em dinheiro, através de apresentação de projetos que após análise do comitê foram habilitados.

A Lei federal nº 14.017, de 29 de junho de 2020, carinhosamente denominada Lei Aldir Blanc, foi criada com o intuito de promover ações para garantir uma renda emergencial para trabalhadores da Cultura durante o período de pandemia do Covid‐19.

BENEFICIADOS

A entidade ASAUM (Associação de Astronomia Unificada de Mariápolis), através dos representantes Mauro Donizete Bueno, Sigmar Dantas Pereira e Henrique de Sousa Neto, foi agraciada com a quantia de R$ 13.776,83, na categoria Cultura Popular e Pluralidades.

A fotógrafa Talita Zonatto de Oliveira, recebeu a quantia de R$ 4.000,00, com o Projeto Fotografias de Paisagens Naturais do Município de Mariápolis – Paisagens no Interior.

O também fotógrafo Anderson Aparecido dos Santos também recebeu a quantia de R$ 4.000,00, com o Projeto Agro Tradições. O Grupo Vamo Envolver, através do representante Thiago Vinícius Zonatto Nabarro, recebeu R$ 6.000,00, na categoria música, com o Projeto Live Interativa Vamo Envolver.

Cada beneficiado deverá apresentar e divulgar os seus projetos online, através das redes sociais.

About admin

Verifique também

Nardani: há oitos anos marcando história em Mariápolis

No início, o Nardani era apenas uma Towner adaptada para venda dos deliciosos cachorro quentes …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.