Ultimas Notícias

Caso de Covid-19 informado para Adamantina pode ser de morador da cidade atendido em outro município

Após a divulgação feita pela Secretaria Estadual de Saúde em seu Boletim Epidemiológico Nº 37, nesta sexta-feira (3), informando sobre caso positivo de Covid-19 para Adamantina (reveja), a Secretaria Municipal de Saúde de Adamantina emitiu nota, pouco depois das 21h30.

O órgão municipal, por meio da Vigilância Epidemiológica (VE), ainda não foi notificado pelo Estado, nem mesmo a regional da VE, em Tupã, também não foi notificado. Com isso, a Secretaria Municipal de Saúde apresenta um cenário de possibilidade para esse caso oficialmente divulgado como sendo de Adamantina.

Segundo a nota, “Consta no site do Governo do Estado que no município de Adamantina tem um caso positivo de Covid-19. Porém, a Vigilância Epidemiológica Municipal entrou no sistema de exames e os três testes que foram colhidos até o momento constam que ainda estão em análise. Um possível cenário para essa informação pode ser de um munícipe de Adamantina que se encontra internado em um outro hospital do Estado tenha o resultado positivo para o Coronavírus e por ser morador de Adamantina conta como um caso no município. As informações estão sob análise e amanhã, sábado (4), traremos novas informações”.

Em uma live, o secretário municipal de saúde de Adamantina, Gustavo Taniguchi Rufino, reafirmou a posição dada em nota, e ainda cogitou ainda a possibilidade de que o Estado possa ter lançado erroneamente o nome de Adamantina. (sigamais.com)

Quatro suspeitos em investigação, três deles tiveram alta hospitalar

Ainda segundo o secretário municipal de saúde, a cidade tem agora quatro casos suspeitos, em investigação. Na tarde desta sexta-feira houve o ingresso de um paciente com sintomas, na Santa Casa local, divulgado inicialmente como sendo de Adamantina, e depois atualizado pela própria prefeitura local como sendo de uma moradora de Mariápolis (reveja). Assim, o saldo de quatro casos da cidade foi atualizado, até então, para três.

Já na live, Gustavo revelou que mesmo esclarecida essa situação da paciente de Mariápolis, surgiu um novo caso, na tarde desta sexta-feira, que eleva para quatro casos suspeitos sob investigação. O paciente é mantido sob isolamento na Santa Casa de Adamantina.

Gustavo revelou ainda que os três pacientes iniciais, listados como suspeitos para Covid-19, tiveram alta hospitalar.

Brasil: 359 mortes e 9 mil infectados.

O número de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus no Brasil subiu de 7.910 para 9.056 entre ontem (2) e hoje (3), conforme a atualização do Ministério da Saúde.

O número de óbitos por covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, saltou de 299 para 359. O índice de letalidade, que era de 3,5% no início da semana, foi para 3,8% ontem e chegou a 4% no balanço anunciado hoje.

As mortes ocorreram em São Paulo (219), Rio de Janeiro (47), Ceará (22), Pernambuco (10), Amazonas (7), Minas Gerais (6), Distrito Federal (5), Bahia (5), Rio Grande do Sul (5), Santa Catarina (5), Paraná (4), Piauí (4), Espírito Santo (4), Rio Grande do Norte (4), Sergipe (2), Alagoas (2), Goiás (2), Maranhão (1), Mato Grosso do Sul (1), Mato Grosso (1), Pará (1), Paraíba (1) e Rondônia (1).  

Os novos casos totalizaram 1.146. O resultado significou um aumento de 15% em relação ao total registrado antes. Foi o maior número de novos casos em um dia desde o início da série.

Já as novas mortes em um dia também bateram recorde, com 60. Nos quatro dias desta semana, os números de novas mortes foram de 23, 42, 40 e 58. No tocante ao perfil, 57,7% eram homens e 42,3%, mulheres. No recorte por idade, 85% das vítimas tinham acima de 60 anos.

Já com relação às doenças de pessoas que faleceram, 164 tinham alguma cardiopatia, 114 tinham diabetes, 45 passavam por alguma condição respiratória e outros 30 apresentavam alguma patologia neurológica. As hospitalizações por covid-19 totalizam 1.769. (Agência Brasil).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.