Ultimas Notícias

Médico é agredido por preso na Penitenciária de Dracena

Após médico avaliar falta de necessidade de medicamento contra diabetes, detento destruiu portas de vidro de armários de remédios, cadeira, espelho, e acabou ferindo profissional da saúde

Um detento destruiu quase toda a sala de atendimento médico e agrediu um profissional de saúde na Penitenciária de Dracena, durante a manhã desta sexta-feira (18). Após medir o nível glicêmico do preso, o médico constatou a falta de necessidade de medicação para diabetes. No entanto, o sentenciado insistiu em receber os remédios, passando a atirar objetos contra o servidor, causando diversos danos na sala.

O médico ficou ferido com corte e escoriação nos cotovelos. Pelo menos um negatoscópio (painel de luz para leitura de exames), um quadro, uma cadeira, uma mesa, um espelho e quatro portas de vidro de dois armários de remédios foram danificados.

Mesmo diante de várias ordens para que o preso parasse de arremessar objetos, o mesmo só foi contido após a chegada do reforço de policiais penais. Todos os cuidados junto a diretoria do presídio estão sendo tomados, assim como os procedimentos administrativos neste tipo de ocasião. O fato também foi registrado em boletim de ocorrência na delegacia da cidade.

Com capacidade para 844 presos, a Penitenciária de Dracena tem uma população prisional de 1312, o que representa uma superlotação acima de 55%, de acordo com informações da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP).

O Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo (SIFUSPESP) esteve em contato com o servidor agredido, por meio de seus representantes, para dar o devido respaldo em apoio ao trabalhador. (Por Jorge Zanoni)

Agressão foi na Penitenciária de Dracena. Foto: TV Fronteira.

About admin

Verifique também

Boliviana é flagrada transportando pasta base de cocaína em ônibus e acaba presa em flagrante

Veículo foi abordado pela Polícia Militar Rodoviária na Rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Presidente Venceslau. …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.