Ultimas Notícias

Doria é recebido com protesto de professores aposentados em Presidente Prudente

Governador do Estado de São Paulo teve agenda de compromissos nesta quinta-feira (24) durante evento no campus 1 da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste)

Um grupo de professores aposentados realizou um protesto pacífico na manhã desta quinta-feira (24), no campus 1 da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste), no bairro Cidade Universitária, em Presidente Prudente (SP), contra o governador do Estado de São Paulo, João Doria Junior (PSDB).

Doria participou no Teatro Universitário César Cava, que fica no campus 1, de uma agenda de compromissos políticos relacionados à região de Presidente Prudente.

Os manifestantes levaram faixas que tinham frases como “Doria, devolva o dinheiro confiscado dos aposentados!”, “Confiscar salários dos aposentados é atentar contra a dignidade humana” e “Contra o confisco salarial dos aposentados e pensionistas imposto pelo governo estadual”.

As faixas eram assinadas por entidades ligadas à categoria, como o Sindicato dos Funcionários e Servidores da Educação de São Paulo (Afuse), a Associação dos Professores Aposentados do Magistério Público do Estado de São Paulo (Apampesp), o Sindicato dos Supervisores de Ensino do Magistério Oficial do Estado de São Paulo (Apase), o Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp), o Centro do Professorado Paulista (CPP) e o Sindicato de Especialistas de Educação do Magistério Oficial do Estado de São Paulo (Udemo).

O governador participou, nesta quinta-feira (24), do encerramento da audiência pública de criação da aglomeração urbana de Presidente Prudente, realizada na Unoeste.

Na sequência, Doria faz uma série de anúncios, entre eles, a implantação da Primeira Unidade de Transferência de Tecnologia em Presidente Prudente, a autorização de obra em estrada vicinal, a entrega de 44 moradias para o município de Santo Expedito (SP) e a permissão para o início de obras do Programa Nossa Casa, da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), em Anhumas (SP) e Alfredo Marcondes (SP).

Na ocasião, o governador também assinou decreto para a regularização fundiária de terras devolutas acima de 450 hectares, especialmente, na região do Pontal do Paranapanema. (Por G1 PP e TV Fronteira)

Grupo realizou protesto pacífico contra Doria em Presidente Prudente — Foto: Murilo Zara/TV Fronteira
Grupo realizou protesto pacífico contra Doria em Presidente Prudente — Foto: Murilo Zara/TV Fronteira
Doria participou de evento em Presidente Prudente nesta quinta-feira (24) — Foto: Murilo Zara/TV Fronteira

About admin

Verifique também

Integrantes de organização criminosa são alvos de operação da Polícia Civil

Mandados de busca e apreensão, além da realização de buscas administrativas em sete estabelecimentos prisionais …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.