Ultimas Notícias

Região de Presidente Prudente retrocede para a fase vermelha, que proíbe a abertura do comércio, na flexibilização da quarentena

Ao regredir da amarela para a vermelha, a região de Presidente Prudente passará a enfrentar, no período de 15 a 28 de junho, a fase mais restritiva do plano de
flexibilização. — Foto: Aline Costa/G1

O governo do Estado de São Paulo anunciou na tarde desta quarta-feira (10) que a região de Presidente Prudente retrocedeu para a fase vermelha, no processo de flexibilização da quarentena em decorrência da pandemia do coronavírus, e com isso não poderá ter a abertura do comércio.

A região de Marília, que abrange municípios da Nova Alta Paulista, continua na fase laranja.

Nas duas primeiras semanas da flexibilização da quarentena no Estado de São Paulo, a região de Presidente Prudente esteve na fase amarela, quando era permitida até a abertura de bares e restaurantes para o público.

Na fase vermelha, não será permitida a abertura do comércio.

Os critérios de classificação das cidades por regiões e fases de cores levaram em conta a relação do número de leitos hospitalares, principalmente os de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), com o número de pessoas infectadas pela Covid-19.

  • Na fase vermelha, não será permitida a abertura do comércio.
  • Na fase laranja, será permitida a abertura do comércio com restrição.
  • Na fase amarela, será permitida a abertura do comércio, mas com algumas restrições.
  • Na fase verde, será permitida a abertura do comércio, ainda com algumas restrições.
  • na fase azul, será permitida a abertura total do comércio, sem restrições.

“Com o Plano São Paulo que já anunciamos, podemos atuar melhor em cada região do Estado e, claramente, temos um aumento de casos em regiões como Barretos, Presidente Prudente e Ribeirão Preto, que estão neste momento com a bandeira vermelha e que terão, agora, medidas restritivas na quarentena”, disse o governador João Doria Junior (PSDB) em entrevista coletiva concedida no Palácio dos Bandeirantes nesta quarta-feira (10).

A flexibilização da quarentena teve início no dia 1º de junho, com um plano adotado pelo governo do Estado de São Paulo, após 69 dias de restrições ao funcionamento das atividades econômicas como forma de incentivar o isolamento social e prevenir a propagação do novo coronavírus, causador da Covid-19.

Em Presidente Prudente, estabelecimentos comerciais puderam reabrir, mas ainda com medidas restritivas para o funcionamento, de modo a tentar conter o avanço da pandemia.

Ao regredir da amarela para a vermelha, a região de Presidente Prudente passará a enfrentar, no período de 15 a 28 de junho, a fase mais restritiva do plano de flexibilização. (Por G1 Presidente Prudente)

Região de Presidente Prudente passa para a fase vermelha a partir de
segunda-feira (15) — Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.