Ultimas Notícias

Professor da UniFAI morre após ficar hospitalizado com Covid-19

Morreu na manhã desta sexta-feira (5) em Presidente Prudente, em decorrência da Covid-19, o publicitário e professor universitário Anderson Cirilo de Paula Souza, aos 50 anos. Ele fazia parte do corpo docente do Centro Universitário de Adamantina (UniFAI), onde atuava havia 15 anos como professor nos cursos de administração e publicidade e propaganda.

Anderson Cirilo estava hospitalizado na Santa Casa de Prudente desde o mês passado. Na noite do dia 21 de fevereiro, ele mesmo comunicou que estava prestes a ser intubado, por meio de uma postagem foi feita no grupo “Fotos históricas e boas lembranças de Presidente Prudente”, no Facebook, o qual administrava. “Rogo a esta irmandade que me envie todas as energias as positivas para eu voltar e fazermos uma festa de encontro depois que tudo isto passar. Que Deus abençoe a todos vocês”, escreveu.

O comunicado da sua morte foi feito na manhã desta sexta-feira, no mesmo grupo. Usando seu perfil nas redes sociais, uma filha comunicou a morte do pai. “Infelizmente venho avisar que meu pai faleceu! Não irá ter velório! Muito obrigada por toda a contribuição na página, era uma das maiores alegrias e orgulho do meu pai!”, publicou a filha.

Seu corpo será sepultado às 12h30 desta sexta-feira no cemitério municipal campal (antigo Parque da Paz), em Presidente Prudente. Devido aos protocolos, não haverá velório ou cerimonial fúnebre.

Além de Anderson, o pai e a mãe também foram diagnosticados com Covid-19. A idosa não resistiu e faleceu na semana passada.

Aos 50 anos, Anderson Cirilo morre de Covid-19, em Presidente Prudente (Reprodução).

Carreira

Formado em comunicação social – propaganda e marketing pela ESPM-SP (Escola Superior de Propaganda e Marketing), o publicitário fez carreira na área. Logo após o término da primeira graduação, chegou a cursar letras na USP (Universidade de São Paulo), mas não concluiu o curso.

No entanto, foi na área acadêmica em que ele se destacou. Na Unoeste (Universidade do Oeste Paulista), lecionou por 10 anos nos cursos de comunicação social, agronegócios, design de interiores e zootecnia.

Atualmente, fazia parte do corpo docente do Centro Universitário de Adamantina (UniFAI), onde atuava havia 15 anos como professor nos cursos de administração e publicidade e propaganda.

Paralelo ao setor acadêmico, era sócio da empresa Redeplast, de embalagens plásticas, que tem como clientes gigantes da área supermercadista. (sigamais.com)

(Reprodução).

About admin

Verifique também

Pandemia afeta sono dos brasileiros e leva a aumento do consumo de remédios para dormir

Pesquisa aponta que mais da metade das pessoas tem enfrentado noites mal dormidas; nervosismo, ansiedade, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.