quarta-feira , 21 abril 2021
Home / Notícias / Polícia Ambiental resgata 77 aves em Santo Expedito

Polícia Ambiental resgata 77 aves em Santo Expedito

Ao todo, policiais ambientais apreenderam 57 gaiolas, 41 de madeira e 16 de arame

A Polícia Militar Ambiental apreendeu 77 aves silvestres e autuou o infrator em R$ 48,9 mil, em Santo Expedito, no domingo, 4. De acordo com os dados da ocorrência, munidos da denúncia, os policiais foram até a residência indicada, e, durante a vistoria, foram encontradas dezenas de aves silvestres e exóticas, em gaiolas, no corredor lateral e nos fundos do imóvel. Os pássaros não possuíam anilhas, o que abre suspeita para origem ilícita e criação irregular em cativeiro.

O envolvido informou que as aves eram de estimação, e não eram destinadas ao comércio, alegando ainda que “cuidava muito bem” de todas. “As aves estavam em gaiolas limpas, com alimentação e água abundante, sem sinal de maus-tratos”, informa o boletim policial. Diante dos fatos, ele foi autuado por manter em cativeiro espécimes da fauna silvestre nativa, com multa simples arbitrada em R$ 46,5 mil, somada a outra multa por introduzir espécime animal, como dois galos-de-campina no território do Estado de São Paulo, sem parecer técnico oficial favorável e licença expedida pela autoridade competente, com multa de R$ 2,4 mil, totalizando os R$ 48,9 mil. Também foram apreendidas 57 gaiolas, sendo 41 de madeira e 16 de arame. As aves e as gaiolas foram recolhidas e destinadas à Apass (Associação Protetora dos Animais Silvestres), em Assis (SP).

Entre os pássaros apreendidos, havia um papagaio-verdadeiro, cinco coleiras-do-brejo, 29 coleiras-papa-capim, quatro tiés-sangue, cinco bigodinhos, um caboclinho-frade, 11 canários-da-terra-verdadeiros, dois tico-ticos, dois sabiás-laranjeira, três sabiás-pardo, oito trincas-ferro, um patativa-verdadeira, dois inhapim, um pintassilgo-de-cabeça-preta e dois galos-de-campina. (Por Victor Rodrigues – O Imparcial)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.