quinta-feira , 2 julho 2020
Home / Notícias / Corpo de advogado é encontrado esquartejado em casa de Araçatuba

Corpo de advogado é encontrado esquartejado em casa de Araçatuba

O advogado Ronaldo César Capelari, de 53 anos, estava desaparecido desde a noite de segunda-feira (13) quando saiu de casa para ir à natação (Reprodução).

A Polícia Militar encontrou na noite desta terça-feira (14) o corpo do advogado Ronaldo César Capelari, de 53 anos, no bairro Água Branca, em Araçatuba. Ele estava desaparecido desde segunda-feira (13), quando saiu de sua casa para ir à natação, e desde então era procurado.

O corpo do advogado foi encontrado esquartejado, acondicionado em três sacolas plásticas que estavam no banheiro do imóvel. A casa estava vazia. A polícia apreendeu uma faca que eventualmente possa ser usada no crime. No banheiro, havia uma mangueira de água, que possivelmente utilizada para lavar o sangue.

O caso é investigado pela Polícia Civil de Araçatuba, que ainda não sabe o que motivou o assassinato. Segundo o G1, nenhum suspeito foi identificado e três homens chegaram a ser abordados perto da casa onde o corpo foi localizado. Sem relação com o crime, os três foram ouvidos e liberados. 

As investigações chegaram à casa, no bairro Água Branca, a partir de denúncias de moradores. “Uma denúncia anônima informou que no decorrer da madrugada ele viu a caminhonete no local e inclusive ela havia colidido com o muro da residência. A casa estava vazia, mas não era abandonada. No quintal encontramos uma jaqueta com sangue. A porta estava arrombada, um forte cheiro e encontramos no banheiro o corpo”, afirma o tenente Rodrigo de Souto, da Polícia Militar, ao G1.

Banheiro onde foi encontrado o corpo do advogado Ronaldo César Capelari, esquartejado. Partes foram acondicionadas em três sacolas plásticas (Reprodução).

Os peritos da Polícia Científica fizeram o levantamento do local onde o corpo foi localizado, colheram material genético e os objetos que estavam no imóvel. A polícia quer saber quem morava no local, já que tinham fotos e documentos, que também foram recolhidos. O corpo do advogado foi levado ao Instituto Médico Legal (IML), para trabalhos periciais.

Já a caminhonete do advogado foi encontrada pela polícia em uma estrada de terra em Birigui (18 km de Araçatuba), também na manhã de terça-feira. De acordo com o G1, não havia sinais de arrombamento no veículo, mas estava batido e riscado. Dentro a caminhonete os policiais encontraram pedra e chinelo com marcas de sangue. (G1.com)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.