segunda-feira , 20 agosto 2018
Home / Notícias / Polícia Civil de Adamantina prende dentista acusado de praticar estupro

Polícia Civil de Adamantina prende dentista acusado de praticar estupro

polacia-civil-brasaojpg15282342165b1700e84d319

Após intenso trabalho investigativo, os policiais civis da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) de Adamantina diligenciaram na cidade de Marília, onde prenderam um dentista suspeito de ter estuprado uma adolescente.
Segundo a Polícia Civil, o crime ocorreu na madrugada do dia 18 de maio, em Adamantina, onde o dentista reside e trabalha. A apuração se dá através de inquérito policial em trâmite Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Adamantina.
Após serem colhidos vários indícios de autoria e comprovada a ocorrência do crime, a delegada de polícia titular da DDM representou ao Poder Judiciário da comarca local para que fosse expedido mandado de prisão temporária contra o acusado, já que ele não fora mais encontrado na cidade desde o dia dos fatos.
Assim, a prisão temporária foi decretada pela Justiça e desde então o dentista era considerado foragido. No momento da prisão, não houve resistência e o dentista estava internado por iniciativa própria em um hospital espírita.
A prisão temporária tem validade de cinco dias, período em que o acusado será ouvido pela polícia em Adamantina, visando a instrução do inquérito policial. E eventualmente, a medida pode ser ampliada para prisão preventiva, o que também vai depender de apreciação judicial. (sigamais.com)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *