domingo , 15 dezembro 2019
Home / Artigos / Conselho Tutelar participa do Simpósio Sistema Órion da Polícia Militar

Conselho Tutelar participa do Simpósio Sistema Órion da Polícia Militar

Conselheiras Vamila, Érica Moura, sargento Elton, Milena e Érica Coletti. Foto: Cedida.

No dia 7, quinta-feira, esteve o Conselho Tutelar deste município juntamente com o Sargento Elton no (l Simpósio Sistema Órion de Tecnologias Sociais) na cidade de Presidente Prudente onde foi abordado o tema: “Proteção da vida e defesa da mulher”.

O 1º Simpósio Sistema Órion de Tecnologias Sociais foi sucesso absoluto. Foi planejado para 700 participantes. As inscrições precisaram ser encerradas seis horas antes do prazo previsto, com mais de 800 inscritos. A qualidade do conteúdo exposto e trabalhado durante a programação também foi além das expectativas, especialmente pela conexão das exposições de dados e opiniões, desencadeando amplo entendimento sobre a importância da atuação em rede na busca de soluções para problemas sociais e prevenção ao crime.
As conferências e mesa-redonda ocorreram no salão do Limoeiro, sendo que à tarde houve plenária de estudo de caso nos auditórios Primavera, Ipê e Azaleia, todos localizados no campus II da Unoeste, instituição parceira da Polícia Militar na realização do evento e no desenvolvimento do Sistema Órion, desde 2015, junto ao 18º Batalhão, com sede em Presidente Prudente e vinculado ao Comando de Policiamento de Área do Interior (CPI-8). Sistema que teve seu aplicativo lançado oficialmente no seminário.

Em modelo de aula show, andando de um lado pra outro e provocando os participantes para criar momentos dialógicos, o major Diógenes Martins Munhoz foi um dos conferencistas sobre o tema “Proteção à vida”, discorrendo sobre comportamento suicida. Idealizador e coordenador do curso de Abordagem Técnica à Tentativa de Suicídio, da Escola Superior de Bombeiros (ESB) em São Paulo, o major afirma que nenhum suicida quer morrer, pois a sobrevivência está no instinto do ser humano, de tal forma que a tentativa de tirar a própria vida é um grito de socorro que precisa ser ouvido pela sociedade.

A abordagem técnica que deu origem ao curso está centrada no olhar humanizado seja do policial ou não. “Nesse tipo de atendimento [de tentativa de suicídio] é detectada a característica do tentante, que pode ser agressiva, depressiva ou psicótica. Conforme a característica é feita a abordagem dirigida”, explica o especialista que elogiou o Sistema Órion, por criar e alimentar uma rede formada por instituições públicas e organizações não governamentais para dar vazão às ocorrências que não são diretamente policiais, a não ser pela preocupação com a prevenção e redução da criminalidade.

A doutoranda especialista em psicologia clínica e psicologia jurídica Ana Vitória Salimon Carlos dos Santos avalia o Sistema Órion pela ótica da importância de uma rede compromissada com a prevenção ao suicídio, ainda que atenda outros problemas sociais. “Os problemas que podem levar à tentativa ou ao suicídio estão associados às questões da vida”, diz e alerta para os cuidados das pessoas que perdem alguém que resolveu tirar a própria vida, dizendo que essas pessoas sofrem por sentirem vergonha e até por serem discriminadas.

A mesa-redonda mediada pelo tenente Anderson Garrido Scaioni envolveu como expositores os psicólogos jurídicos e clínicos, professores no curso de Psicologia da Unoeste, Dr. Igor Costa Palo Mello e Esther Akemi Kavano Katayama. Ele expos sobre “Violência contra a mulher: caraterística do fenômeno e enfretamento”, a partir de aspectos históricos e a defesa de sua integridade em rede socioassistencial; ela, a respeito da “Defesa da mulher através do trabalho em rede”, considerando os aspectos intersetorial e multisetorial.

Os dois conferencistas e outros participantes estiveram envolvidos no debate após a mesa-redonda, com o prefeito de Campos Novos Paulista, Júlio Cesar do Carmo, representando o poder público; o pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão, em nome da Unoeste; e o comandante do Comando de Policiamento do Interior (CPI-8), coronel Adilson Luís Franco Nassaro, pela Polícia Militar, para quem a parceria com a universidade tem sido bem-sucedida, o que representa ganho para a sociedade.

Evento aconteceu na Unoeste em Presidente Prudente. Foto: Unoeste

Para o comandante, a divulgação e expansão do Sistema Órion, que alimenta o policiamento humanizado, contribui cada vez mais na busca de soluções para pequenos dramas que, se não forem tratados, podem evoluir para níveis de violência que podem ser evitados com a prevenção. Guelfi chama a atenção para as expectativas superadas, pelo expressivo número de inscritos e por serem pertencentes às redes socioassistenciais dos municípios, acompanhados de prefeitos, vereadores e representantes de diversos órgãos públicos.

Além do prefeito Carmo, estiveram presentes os prefeitos de Narandiba, Iepê e Taciba, respectivamente Itamar dos Santos Silva, Murilo Nóbrega Campos e Alair Antonio Batista. O presidente da Câmara Municipal de Prudente, Demerson Dias, fez parte da mesa principal junto com os prefeitos e demais autoridades, assim como o defensor público Fernando Soares Tolomei. Em decorrência de outros compromissos, o pró-reitor Acadêmico Dr. José Eduardo Creste esteve de passagem no evento realizado com o apoio de vários setores da Unoeste.
Em pronunciamento público, Guelfi agradeceu à Associação Prudentina de Educação e Cultura (Apec), mantenedora da Unoeste, na pessoa do diretor geral Dr. Augusto Cesar de Oliveira Lima; à Reitoria, vice-Reitoria, pró-reitorias; ao programa Anjos da Unoeste e seu criador Dr. Gabriel de Oliveira Lima Carapeba; à Polícia Militar; à cooperativa de crédito Sicoob; aos cursos de Informática, Psicologia, Design Gráfico, Jornalismo e Publicidade e Propaganda; e a equipe da  Pró-reitoria de Extensão e Ação Comunitária. O encerramento, por volta das 17h, no salão do Limoeiro envolveu o pró-reitor Guelfi, o coronel Franco, a educadora Paulina Paulino e o coronel da reserva Silvio César de Almeida Saraiva. (unoeste.br)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.